Por que você não consegue atingir suas metas?

Ano novo chegou, energia renovada, aquela lista de metas prontas.

Mas aí você lembra que não atingiu as metas do ano passado, que aquela listinha feita no começo do ano ficou lá lindinha, guardadinha na gaveta e aquelas metas continuam sendo importantes.

Se identificou?

Nesse texto, separei alguns motivos pelo qual você não consegue tirar suas metinhas do papel:

  • Você traça metas de mais.

Eu sempre gostei de escrever, sempre fui a louca das listas e tinha meu diário para me acompanhar. Chegava final do ano, já com a minha agenda nova fazia aquela lista maravilhosa de como meu ano ia ser, mas a lista tinha umas 20 coisas.

Quando eu lia no final do ano, eu tinha feito várias, porém incompletas.

Planejamento é uma das coisas que não nos ensinam na escola, porém é super necessária para nosso dia-a-dia.

É uma delícia fazer listas de coisas que você quer para vida, eu faço sempre que posso, mas ela não pode ser usada como sua lista de metas, não só ela.

Ela pode ser um primeiro passo para que você consiga na sequência, formatar suas metas.

  • Você não tomou decisões!

Tony Robbins, coach reconhecido mundial fala que o momento em que você muda sua vida, é o momento em que você toma decisões. E a decisão aqui não é aquela decisão que você fala da boca para fora, é quando realmente, você diz: Chega! Para aquilo que está te incomodando.

Pense em um momento importante da sua vida, com certeza teve algum momento chave de decisão.

Pensando nisso, você precisa tomar as decisões de ter, ser, fazer as metas pela qual você traçou, caso você não consiga tomar essa decisão, pode ser sabotagem, mas pode ser que você não queira realmente aquilo.

Muitas vezes, traçamos metas meio que de senso comum, por exemplo, preciso começar a fazer academia, mas será que realmente você gosta? Você quer? Faz sentido para você?

OK, fazer exercícios é super importante, mas você não precisa fazer necessariamente academia, pode fazer algo que goste e que te ajude com esse mesmo objetivo. Por exemplo, uma caminhada, corrida, uma aula de dança etc.

Vale analisar as metas que você traçou e em todas, se perguntar:
Isso é meu ou sofri influencia de algum meio externo?

Defina somente metas que tenham a ver com sua identidade e seus valores, que agregue ao seu bem-estar e consequentemente o do mundo todo.

  • Você tem se sabotado!

A lista de metas está certinha, você anda com ela sempre, ela está na sua cabeça, porém você escolhe fazer coisas que te distraiam que faça o tempo passar e que não te agrega nada.

Você está se sabotando!

Isso normalmente acontece quando temos pensamentos negativos sobre o resultado daquela atividade que você tem adiado fazer, por exemplo: Não vai dar certo, não vou conseguir.

Qual o pensamento que tem passado na sua cabeça quando você deixa de fazer algo importante?

Você não é seus pensamentos, você pode escolher ouvi-los, mas deixa-los passar ou acreditar neles e não ir atrás do que você deseja, isso é o que o ego quer.

Observe seus pensamentos, analise-os tornando os conscientes, a partir do momento que ele se torna consciente, uma etapa foi quebrada.

  • Suas metas são muito grandes e não são específicas.

No vídeo que fiz falando sobre metas, uma das dicas que eu dou é traçar uma meta bem específica com datas, onde e tudo mais.
Essa dica é uma das mais importantes, pois ela vai definir como você vai alcançar tal objetivo.

Se você faz uma meta muito grande e não pensa nas metas menores que precisará vir para que ela realize, dificilmente você vai conseguir, pois acabamos achando muito difícil, deixamos de lado. Como se apenas colocar no papel, fosse resolver, não vai…
Coloque o máximo de especificações na sua meta e depois faça metas menores, não se preocupe muito com o jeito certo de fazer, mas se faça a seguinte pergunta:

Quais serão os passos que eu daria para que tal objetivo esse alcançado?

E ai com isso, você vai traçando passos menores que te ajudaram a chegar no objetivo final. Além disso, você poderá comemorar cada vitória, cada metinha conquistada, pois você saberá que está valendo a pena.

Precisamos saber aproveitar o processo para que possamos ter noção também do nosso crescimento.

Toda meta, planejamento serve para que você conquiste o que deseja, para que você seja quem você quer ser. Pode ser que aconteça no decorrer do ano, alguma meta não faça mais sentido ou que você tenha visto que precisava priorizar outra coisa, pode ser até que coisas mais urgentes aconteçam, mas elas servem para te guiar, não para te limitar.
Pense que seu planejamento serve para que você possa ter um caminho de como chegar naquela visão de longo prazo que você tanto quer.

Não se sinta presa, na verdade, eu vejo o planejamento como liberdade, pois só por conta dele consigo fazer o que quero e estar verdadeiramente presente onde preciso estar. No final, esse é o objetivo.

E ai se identificou com algum dos itens? Qual? Comenta abaixo e vamos continuar essa conversa <3

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *